Partindo do Brasil até a Itália

Castelfranco Vêneto - Treviso

Onde nasceu o bisnono: Castelfranco Vêneto - Treviso - Itália

 

Ciao (tchau)!

É assim que os italianos cumprimentam, tanto na chegada, quanto na partida.

Ainda não sou uma italiana “de fato”, mas, me considero italiana “de direito”. Sendo assim, eis-me aqui para contar-lhes, em capítulos, esta minha bela aventura. Irei escrevendo conforme for acontecendo para quem quiser acompanhar o passo-a-passo  desta epopéia rumo à conquista da Cidadania Italiana!

Minha viagem iniciou dia 13.03.2017 às 7:30h saindo de Balneário Camboriú com destino a Florianópolis para pegar o vôo que me levaria até o Rio de Janeiro.

Trânsito lento na entrada da ilha, fez com que chegássemos ao aeroporto somente às 9:30h. Isto quer dizer que levamos 1h para andar 80Km e mais 1h para percorrer em torno de 20km.

Como o vôo era doméstico, me programei para chegar 1h antes, então, sobrou tempo!

Às 13:00h desembarquei no RJ, onde almocei na praça de alimentação.

Para “entrar no clima” fui logo procurando uma “pasta”!

Parei no Spoleto e pedi um  fettuccine ao molho 4 queijos.

No aeroporto de RJ (6)

 

Bonito, mas, era um molho de queijo totalmente sem gosto de queijo!

Mas, não me importei. Comi tudo! E ainda pensei:  Logo estarei no pais da “vera pasta”.

Ao lado, uma pizzaria chamada “Piola”, cuja história da sua origem provinha justamente do lugar onde eu estaria nos próximos dias: Treviso!!!

No aeroporto de RJ (7)

 

Já me veio à mente a intenção de procurar saber se na Itália também contam a mesma história….rsrsrs

Embarquei, e, após 11 horas cheguei em Londres e depois em Veneza, totalizando 13 horas de vôo. Foi interessante o quanto eu consegui dormir neste vôo: saí do RJ, serviram lanche, assisti a um filme e dormi. Quando acordei, olhei no mapa e vi que faltava somente 1:30h para chegar em Londres! Nem o pouco espaço, impedindo que eu me esticasse, fez com que acordasse. Bom isso!

Ao chegar em Veneza, um casal de amigos de Joinville que conheci há pouco tempo, e que está morando na Itália, veio me apanhar. Fomos até o apto deles em Porcia, província de Pordenone, onde passei a noite.

No dia seguinte, minha amiga, Jacque, tinha aula de italiano pela manhã e me convidou para acompanhá-la. Eu aceitei de imediato!

Fomos até a escola CPIA – Centro Provinciale Instruzione Adulti di Pordenone, onde conheci a professora Marisa – italiana simpaticíssima – e algumas alunas, todas estrangeiras: da Bolívia, Eslovênia, Bratislava, EUA e outros países que não me recordo.

Aqui na Itália encontramos estes Centros, que pelo que entendi, funciona como o EJA-Escola de Jovens e Adultos no Brasil.

Auxilia também os estrangeiros no aprendizado de línguas com o apoio de um fundo europeu.

Após a aula fomos almoçar em uma Pastecceria. Ali sim, apreciei um carpaccio di prosciuto e una buoníssima pasta!

IMG_1632

 

Saindo dali, fomos conhecer Porcia e Pordenone. Ambas muito bonitas!

IMG_1633

 IMG_1642

IMG_1662

 

Paramos em algumas lojinhas e retornamos para casa no final da tarde.

À noite, após irmos comer uma bela pizza, meus amigos, muito gentilmente, me deram carona até o comune de Riese Pio X, distante uns 45 minutos, onde ficarei hospedada por 5 dias, inicialmente.

Optei em ficar em uma Foresteria, pois, os hotéis tem preços bem salgados para quem pretende ficar tempo prolongado.

O lugar é muito bonito e se chama Foresteira Barchessa Zorzi. Era um colégio antigo e possui acomodações muito boas. Os quartos são coletivos, mas, eu fiquei sozinha em um quarto com seis camas. O casal que administra é muito bacana – Alberto e Verônica -!

Vista externa da Foresteria:

IMG_2003[1]

 

E o quarto…..

IMG_1685

 

O café da manhã é bem gostosinho…..

IMG_1689

 

Até oferecem  bicicleta aos hóspedes para conhecer a região! Prontamente aceitei!!!

Eis um pouco sobre o comune de Riese Pio X:

Já havia sido habitada antes do ano de 972, quando entrou para a história.

É a cidade onde nasceu, em 1835, o Papa Pio X, cujo nome de batismo era Giuseppe Melchiorre Sarto. Tornou-se Papa em 04.08.1903 e morreu em 20.04.1914.

A igreja San Matteo Apóstolo fica bem próximo da Foresteria, só alguns metros.

Chiesa San Matteo Apostolo em Riese Pio X

 

No dia seguinte, pela manhã, lá fui eu de bike pela ciclovia, na estrada que me levaria a tão sonhada “terra do bisnono”: Castelfranco Vêneto….bem municiada!

IMG_1963[1]

 E o relato continuará na próxima matéria.

9 Comentários

  1. Avatar Sadi disse:

    Excelente Mana. Sucesso.

  2. Que legal! Um bom começo!!!

  3. Avatar Elizabeth disse:

    Adorei!

  4. Avatar Maria Terezinha disse:

    Muito legal Sander. O Amarildo também tem laços por si, a cem km de Milão. Divirta-se.

  5. Avatar Elisete Bertollo disse:

    Parabéns Nina, estamos contigo! Sucessooo! Beijos.Lise

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *